Páginas

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Dia Global de Solidariedade ao Povo do Irã, Honduras, China e Miamar

Na manhã fria e chuvosa do sábado, 25 de julho, cerca de oitenta pessoas participaram do dia global de solidariedade com os povos iranio, hondurenho, chenês e Birmanês.
O Ato foi convocado pelo SERPAJ-Brasil e contou com os coordores do nosso Núcleo Viver no Centro na articulação do evento, a comapnheira Rosângela nos representou.
O ato foi parte de uma ação global, por todo o planeta houve ações semelhantes, foi lido um documento Oficial, cujo teor transcrevemos:

Ato de Solidariedade aos Povos do Irã, Honduras, China e Miamar

Constatamos com preocupação que os Direitos Humanos voltam a ser violados de forma sistemática em muitos lugares onde imaginávamos haver superado essa triste realidade.A repressão brutal que o governo do Irã está impondo, às manifestações populares de contestação dos resultados eleitorais, bem o demonstra.
O golpe de Estado que depôs o governo constitucional legitimamente eleito de Honduras, traz de volta a era das ditaduras militares que tanto mal causaram a toda a América Latina em passado recente.
Em Miamar, a ditadura militar que domina o país desde 1962 mantém a senhora Aung Sun Suu Kyi, líder da resistência pacífica e ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 1991, na prisão.
O governo chinês que tem um histórico de violações dos Direitos Humanos continua a praticar a substituição de população dos seus territórios de origem para aniquilar etnias inteiras como faz com os tibetanos e Igures, inclusive condenando à morte os que se opõem a esta prática, ainda que de forma não violenta.
A violação dos Direitos Humanos não está adstrita à qualquer ideologia, portanto a sua defesa também não pode estar condicionada à ideologia professada por quem a pratica.
Violam-se os Direitos Humanos não apenas quando se desrespeita os direitos e garantias individuais, mas também quando se nega à pessoa o acesso aos bens, serviços e tecnologias mínimas produzidas pelo conjunto da humanidade e necessários à sobrevivência com dignidade.
Violam-se ainda os Direitos Humanos quando se destrói a natureza, negando a todos um Meio Ambiente sadio e equilibrado.
Este ato não tem caráter partidário ou ideológico, mas é em defesa da dignidade humana e dos direitos democráticos básicos, do povo iraniano, hondurenho, birmanês e chinês, assim como de todos os povos.
Este ato é um chamado ao compromisso e à solidariedade entre os povos.
São Paulo, 25 de julho de 2009,
Serviço Paz e Justiça, SERPAJ-Brasil
Serviço Interfranciscano de Paz Justiça e Ecologia, SINFRAJUPE
Movimento Terra de Deus, Terra de Todos,
Centro Social Urs Bhüller
Núcleo Betel
Associação de Ajuda Mútua dos Sem Terra Urbanos do Jardim Romano
Associação Comunitária dos Filhos da Terra
Associação Nova JerusalémPastoral Social
Juventude Judaica Organizada do Brasil

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Dia do Amigo!!!


.


Amigo
Fernando Pessoa

Quero ser teu amigo
nem demais e nem de menos,
nem tão longe e nem tão perto,
na medida mais precisa que eu puder
mas amar-te como próximo, sem medida
e ficar sempre em tua vida
da maneira mais discreta que eu souber,
sem tirar-te a liberdade,
sem jamais te sufocar,
sem forçar a tua vontade,
sem falar quando for hora de calar,
e sem calar quando for hora de falar,
nem ausente. nem presente por demais,
simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso,
é tão difícil aprender,
por isso eu te peço paciência,
vou encher esse teu rosto de alegrias
e lembranças!
Dê-me tempo de acertar nossas distâncias!



Paz no mundo.gif

: "

terça-feira, 14 de julho de 2009

Reunião do Núcleo

Boa Noite!!!Sabado 18/07/09 ás 14hs na rua Barão de Itapetininga,255,sala 411 4ºandar.
Acontecerá nossa reunião mensal ,para falarmos sobre nosso sonho,conto com cada
um de vocês.Com carterinha não esqueção.Espero por todos.
Um Abraço
Rosangela

quinta-feira, 9 de julho de 2009

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Eleições para o Conselho Municipal de Habitação


Os movimentos populares já estão se articulando para participar da eleições do Conselho Municipal de Habitação, este conselho é importante, pois é ele quem deve conceber, gestar e gerir a política habitacional da cidade de São Paulo.
Na última eleição que aconteceu no mês de setembro de 2007, elegemos com 11.384 votos, o nosso companheiro Rosalvo Salgueiro, que já anunciou que não pretende concorrer à reeleiçãono próximo pleito, abrindo a possibilidade de outro companheiro integrar a chapa dos movimentos populares.
Segundo Rosalvo, "o conselho perdeu importância pois a administração Kassab esvaziou-o de suas atividades e reduziu drasticamente o seu orçamento. O município se mantem praticamente inerte no tocante à produção habitacional para a população de baixa renda, na verdade não há uma política pública para o setor." para justificar o quê diz Rosalvo chama atenção para o orçamento municipal para o ano de 2009 que destinou 40 milhões de reais para o conselho e quase umbilhão de reais para Habi, setor da Secretaria Municipal de Habitação que cuida do mesmo assunto.
Para Rosalvo, mesmo esvaziado, é importante e necessário participar do conselho e convida a todos os movimentos e associações a increver candidatos.
O Conselho Municipal de Habitação foi criado e tem suas atribuições definadas na lei municipal 13.425/02., está composto por 48 conselheiros sendo 16 membros representantes da administração pública e autarquias, 16 da chamada sociedade civil organizada e 16 representantes dos movimentos populares que atuam na àrea de habiação e reforma urbana.
A data das eleições ainda será publicada no Diário Oficial do Município, mas as inscrições de candidatos já estão abertas e os interessados poderão fazê-las no período de 22/06/2009 a 24/07/2009, das 9 às 17 horas, mediante a apresentação dos documentos listados no item I do edital, já publicado do DOM em 18/06/2009. As inscrições serão recebidas nas dependências da Comissão Permanente de Licitação da Cohab-SP-COPEL, à Rua São Bento, 405, 13º andar - Sala 132.